Rotina de trabalho: saudades ou é bom estar em casa?

O lado B de trabalhar em casa para quem adorava o ambiente corporativo 

Enfrentar o trânsito da cidade, de carro ou transporte público, rumo àquele mesmo escritório, com as mesmas pessoas e um mundo de tarefas e novos desafios para enfrentar com certeza pesava na rotina de muitos, que sonhavam em poder ficar “só mais 5 minutinhos” em casa. 

Hoje, com mais de dois meses de trabalho remoto (e contando), toda essa loucura do cotidiano começa a fazer falta, e para alguns, tem sido até mesmo o motivo da queda na produtividade e perda de foco. Esse é o lado B do home-office: o de quem adorava o ambiente corporativo e todos os clichês que ele carrega consigo. 

De fato, trabalhar no conforto do sofá ou mesmo podendo passar mais tempo com os filhos e a família era o desejo de muita gente. No entanto, vale ressaltar que o que estamos vivendo não é bem um “home-office dos sonhos”, e sim um regime onde precisamos ficar em casa sem poder sair para muitos lugares, e pior, sem a perspectiva de quando tudo irá voltar ao que estávamos acostumados. 

Com isso, o lado B se intensifica cada vez mais. A saudade dos colegas de trabalho, das reuniões produtivas e dos almoços em grupo aumentam ao mesmo tempo em que o medo de que isso nunca mais volte a acontecer cresce, - e a produtividade, criatividade e motivação ficam cada vez mais difíceis de serem alcançadas. 

E como contornar esse quadro diante de um cenário tão instável e ao mesmo tempo tão monótono? Através da adaptação, e acima de tudo, do costume. A ansiedade criada desde o início da quarentena pela volta aos dias normais gerou um grande desafio em nos acostumarmos de fato ao trabalho remoto, mas sabendo que daqui em diante viveremos um novo normal, o que nos resta é nos adaptarmos a ele.  

Mas calma, não veja isso como algo negativo. A chave para trazer de volta o seu gás no trabalho é enxergar isso como um novo desafio, que aperfeiçoará as suas habilidades diante de um novo contexto. Lembre-se de que todos estão passando por momentos difíceis e que está tudo bem não ser extremamente produtivo todos os dias. Converse com os seus colegas de trabalho, ligue para o seu líder e procure saber como as outras pessoas estão lidando com a situação, sabendo que nem todo mundo está mergulhado em webinars e cursos o tempo todo. 

A questão é: tudo bem você não estar bem o tempo inteiro. Faz parte! Mas para ficar cada vez melhor, é necessário confiar em si mesmo, e mais do que isso, ser transparente com relação a tudo que está acontecendo na sua vida no momento.

 

Tem algum projeto
em mente?