A importância da diversidade dentro de empresas de tecnologia - e a luta contra a conformidade intelectual

Muito vem sendo debatido sobre a importância da inclusão e da diversidade nos mais diversos mercados e empresas. Que tal pararmos para refletir sobre os perigos e problemáticas atreladas à homogeneidade de personas dentro de um ambiente de trabalho, especificamente no ramo da tecnologia?

Matthew Syed, jornalista e autor do livro “Rebel Ideas, the Power of Diverse Thinking”, inicia sua obra defendendo a tese de que o ambiente de trabalho homogêneo e com pouca diversidade no quadro de funcionários da CIA (Agência Central de Inteligência)  foi um dos principais fatores que levou a seus agentes a ignorarem os sinais do ataque do 11 de Setembro. 

Com uma equipe predominantemente formada por analistas brancos e cristãos de classe média, provenientes em sua maioria das melhores escolas e universidades norte-americanas, torna-se evidente  que eles não conseguiram compreender e captar os sinais e intenções do ataque, uma vez que não possuíam a bagagem cultural e background necessários até mesmo para sequer compreender o tamanho da ameaça.

O argumento de que não se pode sacrificar uma equipe excelente de especialistas em prol de um quadro diverso de pessoas a fim de se tornar  “politicamente correto”, mostrou-se imediatamente equivocado para a CIA, que possuía pouquíssimos analistas muçulmanos em sua equipe.

 


 

Quando se pensa em uma empresa de tecnologia e desenvolvimento de softwares, automaticamente se desenham em nossa mente as reuniões de planejamento, brainstorming e grandes debates para resolução de problemas de alto nível. Syed continua explicando em seu livro como pessoas com diferentes backgrounds são capazes de enxergar as coisas de formas diferentes, e destaca que times assim são melhores em resolver problemas complexos, pois trazem insights de diferentes regiões daquilo que chama de  “espaço de soluções”.

 

Então, em resumo: a diversidade não age apenas como a cereja de um bolo ou um bônus opcional - mas sim como ingrediente básico para o pensamento inteligente coletivo. A diversidade é parte integrante da humanidade e é hora de levarmos isso a sério.

 

Tem algum projeto
em mente?