3 motivos para você investir em Content Experience

O Content Experience é um termo que surgiu há pouco tempo mas que já vinha sendo usado para criação de conteúdo quando pensado para SEO, consequentemente garantindo uma boa experiência do usuário em relação ao texto. 

É uma estratégia de marketing digital que tem como foco criar uma escrita capaz de aumentar 10x mais a taxa de leitura, alcançar a primeira página dos buscadores e ter um nível alto de persuasão para garantir que o leitor permaneça no site por mais tempo.

A luta pela atenção na internet é real, por isso é necessário traçar, para garantir a atenção da sua marca e do seu negócio. Então, entenda que tempo é dinheiro, e quanto mais o usuário fica na sua página maior uma probabilidade de você efetuar uma venda.

O conteúdo precisa ser prático, baseado em KPI's anteriores - por isso os testes são importantes -, persuasivo e voltado para experiência do usuário. O texto de alta performance pode ser usado para qualquer fase da jornada de compra do consumidor. O usuário está sempre em busca de novas informações, assim uma metodologia costura desde a fase da descoberta até a fidelização.

Pensando nisso, separamos 3 motivos para você investir em Experiência de conteúdo e listar como colocar em prática!

 

O que é experiência de conteúdo?

O significado literal de Content Experience é Experiência de Conteúdo. 

Trata-se de uma técnica que visa construir conteúdos para canais diferentes e de formatos diferentes, mas com o mesmo olhar: o do usuário. O profissional de marketing precisa ter uma perspectiva de como a pessoa consumirá aquele conteúdo. 

“Quando começar a falar sobre a Experiência de Conteúdo, não se trata apenas de comercializar seu produto com o conteúdo. É realmente sobre toda a experiência. - Anna Hrach, estrategista de conteúdo na Convince & Convert

Assim, além de focar em ferramentas, tecnologias e processos, é importante promover uma ótima experiência. Não são apenas palavras, mas como você irá encaixotar elas.



A importância da experiência do usuário

O usuário passa cada vez mais tempo dentro das plataformas digitais. Inclusive, para realizar uma compra, um dos fatores para a decisão final é sobre como a marca se apresenta no meio digital. 

Os altos índices de satisfação não dependem apenas da qualidade do produto, por isso é necessário se adaptar às características e comportamento dos usuários para estar sempre engajado e não perder leads

 

Por que investir nesta técnica?  

  • É ótimo para o Search Engine Optimization (SEO) 

Com a utilização da inteligência artificial no algoritmo do Google algumas métricas contribuem para o ranqueamento no mecanismo de busca. Entre elas estão os CTR (Taxa de Cliques)que é uma proporção que o conteúdo recebe de cliques. Quanto mais alta para um taxa, maior a qualidade e atratividade do conteúdo. 

Outro fator também é o Dwell Time (Tempo de Permanência). O Google também avalia o conteúdo pelo tempo de permanência que as pessoas ficam nele, assim o nível de retenção de retenção. 

  • Gera ações positivas a partir de uma boa experiência do usuário

Quando um usuário acessa sua postagem no blog e acha que o conteúdo é muito bom, ele deve compartilhará com outras pessoas. Mas pense: se ele tiver uma experiência ótima durante todo o tempo de leitura, o usuário será um advogado da marca. Além de continuar consumindo seus conteúdos, defenderá a marca para outras pessoas.  

  • Atrai mais clientes, venda mais

Como consequência de uma boa experiência do usuário, desde o seu título e subtítulo atrativo, mais como as pessoas irão descobrir sua marca, fidelizar e chegar na fase de aquisição. 

 

Como fazer experiência de conteúdo?

1 - Dados: é importante que o seu conteúdo seja baseado em dados reais e retirados dos seus textos anteriores. Por isso, é importante ter testes e lembrar que sempre dá para otimizar o seu texto.

2 - Palavra-chave: ter uma palavra-chave de foco traz um norte e orienta o seu objetivo com aquele texto. Então, pesquise e explore da melhor maneira possível

3 - Público-alvo: conhecer o seu público-alvo quer dizer que o seu conteúdo será relevante para o leitor, caso contrário, ele não fará sentido ser lido. Você irá criar um conteúdo sem necessidade.

4 - Ser objetivo: invista em um texto claro e objetivo , já que conteúdo interativos e que engajam aptidão uma leitura suave e sem traves ou termos muito complicados.

5 - Versão Mobile: conteúdo Mobile Primeiro precisamos estar entre nossas Prioridades. Há uma grande parcela da população que consome informação pelo celular, mas criamos os textos pelos desktops. Então, tome cuidado com a quantidade de linhas em cada parágrafo e deixe o mais escaneável possível, por exemplo.

6 - Análise de texto: faça algumas perguntas sobre seu conteúdo como: “Ele tira as dúvidas do leitor?”, “O site oferece algum bug na navegação?”, “Tenho vontade de compartilhar esse texto?”, “Vou ficar estressado ao cessar esta página? ”, Etc.

 

Métricas importantes para análise do texto:

  • Posição média e volume de busca da palavra-chave;
  • Tráfego no site;
  • Tempo de leitura.

Utilizar a experiência de conteúdo, aliado à sua criatividade e outros métodos de marketing, trará um grande resultado para a sua marca e foco um foco ainda maior para o seu cliente ideal. 

E aí, gostou do nosso conteúdo? Leia também o nosso texto sobre o Dia do Consumidor 2021: o que é e como aparecer-lo para vender mais. 

Tem algum projeto
em mente?

Declaro ter lido e aceito integralmente os termos e condições da Política de Privacidade.